Produção de café no PR deve recuar 9% em 2021 e preço pode aumentar

0
35

A produção paranaense de café na safra 2021 deve ter uma redução de 9% em comparação com o ciclo de 2020. Isso se deve à bienalidade negativa da cultura (queda natural da produção após uma safra anterior muito produtiva) e à severa estiagem do ano passado. A análise está no Boletim de Conjuntura Agropecuária, feito pelo Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, referente à semana de 22 a 28 de maio.

O levantamento mais recente realizado pelos técnicos do Deral aponta que o Paraná deverá produzir 873 mil sacas de café, redução de 9% em relação à produção do ano passado.

A área coberta com cafeicultura está estimada em 33,3 mil hectares, uma perda de 4% em comparação com a extensão do ciclo anterior.

O ponto positivo é que as cotações no mercado físico permanecem em alta. Nos últimos 12 meses, o preço médio recebido pelos produtores paranaenses valorizou-se 39,8%.

O mês de maio está fechando com valor de R$ 719,61 a saca. Em igual período de 2020, estava em R$ 514,70.

Fonte: Estadão Conteúdo