Atleta do Cria Lavras foi classificada para o Campeonato Mundial de Atletismo sub-20

0
104

Némata Nikiema, do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo CRIA Lavras, é de Burkina Faso, um país africano

A atleta Némata Nikiema, do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo (CRIA Lavras), garantiu uma vaga no Campeonato Mundial de Atletismo Sub-20, que irá ocorrer em Nairóbi, Quênia, em agosto de 2021. A corredora, de apenas de 17 anos, conquistou a vaga para o mundial após alcançar o sexto lugar no 97° Campeonato Paulista de Atletismo Adulto, na categoria dos 100 metros rasos, com a marca de 11”83 segundos. O evento ocorreu entre os dias 25 e 27/6, em São Paulo (SP).

De acordo com a atleta, essa é uma de suas maiores conquistas: para disputar os Campeonatos Mundiais de Atletismo Sub-20, apenas dois atletas com os melhores índices são selecionados para representar cada País, em uma concorrência acirrada.

Para alcançar o desempenho que garantiu sua classificação, Némata, que é estudante do ensino médio na escola estadual Cinira de Carvalho, concilia uma rigorosa rotina de treinos no Cria, com uma intensa dedicação aos estudos. “Eu estudo todos os dias de 7h até 10h30. Depois, vou aos treinos do Cria, das 14h às 17h, aproximadamente. À noite, estudo das 19h até 20h30”. Némata concluiu: “Treino 6 vezes por semana, só descanso no domingo”.

O treinador voluntário do Cria, Pablo Ramon Domingos, ressalta que “o principal objetivo é que a atleta tenha a oportunidade de continuar se promovendo no esporte via educação”. O Cria é um projeto de extensão que tem o objetivo de despertar em crianças e jovens não só o interesse pelo esporte, como também promover o interesse pelo ensino superior e colaborar para estimular virtudes durante a vida toda, como a capacidade para o trabalho de equipe, a determinação, a disciplina e o compromisso com o rendimento escolar.

Natural de Burkina Faso, um país africano, a jovem atleta relata que a paixão pelo atletismo surgiu na escola onde estudava em seu país de origem. “Fiz um teste na escola em 2018, o meu treinador de educação física acreditou em meu potencial e me convidou para treinar com ele”. Desde então, a paixão e a dedicação pelo esporte passaram a integrar completamente a vida da competidora.

Némata conta que a oportunidade de treinar no Brasil surgiu por meio de um convite feito pelo professor Fernando de Oliveira em 2019, depois de tê-la visto em Marraquexe, Marrocos, no mundial escolar. Na ocasião, Némata estava disputando nas categorias de 100 metros rasos e salto triplo. A performance da atleta na competição atraiu a atenção do professor Fernando que, após fazer contato com o treinador de Némata, garantiu a vinda e a estadia da atleta em Lavras por meio do projeto Cria.

Fonte: Jornal de Lavras